Eu sou câncer. Ela é libra. Eu sou Lua. Ela é Vênus. Eu sou água. Ela é ar. Eu sou dela. Ela é minha. Instagram
Há 11 horas | 3.509 notas | reblog
Sem meia
palavra
semeia
o amor
por inteiro.
Eu me chamo Antônio.  

Há 11 horas | 542.603 notas | reblog

Há 12 horas | 1.850 notas | reblog
Eu tô tão cansado dessa estrada com a lei que eu mesmo construí pra mostrar que o cotidiano tem algum sentido. Eu tô tão cansado de defender o amor que as pessoas não vivem só pra ter assunto. Cansei de sorrir amarelo e fingir que o mundo me importa e sufocar no osso a vontade de mandar às favas as pessoas e seus erros e suas carências e suas manipulações e suas opiniões e suas mentiras e suas idiossincrasias. Eu tô tão cansado das pessoas acharem que um texto e um charuto na boca é uma grande revelação, uma prestação de contas, algo que eu não soube dizer. Eu tô cansado de agradar todo mundo em troca de uma coisa que eu não sei o que é, mas não paga meu desodorante de catálogo.
Gabito Nunes.  

Há 12 horas | 2.464 notas | reblog
Como você quer um milagre, se você não ora?
Deus.  

Há 12 horas | 2.464 notas | reblog
Como você quer um milagre, se você não ora?
Deus.  

Há 12 horas | 357 notas | reblog
Nossos olhares se cruzaram e nossos lábios se tocaram, naquele momento não existia nada além de nós, e eu senti que era você o amor da minha vida. Era com você que eu queria passar o resto dos meus dias.
Floresciar  

Há 12 horas | 15.405 notas | reblog
Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doí. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Martha Medeiros.   

Há 12 horas | 995 notas | reblog
As pessoas maquiam seus sorrisos, escondem suas mágoas e limpam suas lágrimas, se dizem adeptos da realidade mas tratam suas vidas como uma festa a fantasia.
Clara Brandão

Há 12 horas | 4.385 notas | reblog
Aos quinze anos, tudo é infinito.
Dom Casmurro.

Há 12 horas | 285 notas | reblog
Voa dor, para longe, por favor. Se por acaso no caminho esbarrar com o amor, diga a ele aonde estou.
Luciana Galhardo

Há 12 horas | 6.960 notas | reblog
Escrevo sim, seu moço.
Pois é escrevendo
Que eu aprendo
Me entendo
Me desvendo
Ou, pelo menos
Tento.
Alexandra Crivel.

Há 12 horas | 16.960 notas | reblog

Há 12 horas | 1.394 notas | reblog

Há 12 horas | 18.146 notas | reblog
Tem gente que acha que faz falta, e de fato, admito que faz um pouco. Mas logo passa. Algumas pessoas acham que eu não vivo sem elas; acham que me tem na mão, inteiramente delas. Ah, por favor, vamos criar consciência de que ninguém é suficiente pra ninguém aqui. Eu sou suficiente pra mim mesma, e isso é o que importa. O resto, ou faz transbordar ou faz faltar.
Alugue Felicidade. 

Há 12 horas | 113.779 notas | reblog

N